BRASIL

Diretora do Colégio Estadual Leopoldina da Silveira proíbe alunos de assistirem aulas


Por conta do transporte coletivo, e as vezes até mesmo por conta de trabalho, é normal que alguns alunos do Colégio Estadual Leopoldina da Silveira cheguem um pouco atrasados no colégio. O problema é que a nova diretora está impedindo que os alunos entrem em sala de aula, o que atrapalha no direito do aluno a estudar (direito garantido pela constituição).

Outra situação que impede alguns alunos de entrarem em sala de aula, é o fato do uniforme. Segundo alunos do colégio, o governo não disponibilizou uniformes (pela lei a escola não pode cobrar dos alunos, algo que não foi concedido), e por se tratar de uma instituição pública, muitos não possuem condições para comprar.

Alguns alunos contam que a diretora ameaçou cortar a matricula, caso o aluno debatesse com ela. Nessa quarta-feira (23/03) uma mãe foi até o colégio, e segundo algumas pessoas presentes, a diretora discutiu com a responsável na frente de todos.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.