BRASIL

Polícia conclui investigações do atentado sofrido por Ana Hickmann



Nesta sexta-feira (17), o delegado Flávio Grossi divulgou para a imprensa as conclusões da investigação sobre o ataque sofrido por Ana Hickmann e seus familiares no dia 21 de maio dentro de um hotel de luxo em Belo Horizonte, Minas Gerais.

De acordo com o profissional, o inquérito será enviado para a Justiça com sugestão de arquivamento. “A decisão será do Ministério Público e do Judiciário a partir de segunda-feira (20)”, afirmou.

Entre as informações obtidas pela apuração, a polícia descobriu que o atirador, Rodrigo Augusto de Pádua, realizou buscas na internet para saber se uma arma calibre 22 é capaz de matar alguém, se existia detector de metais no local onde a apresentadora estava hospedada e tipos de munição para calibre 38.

Também foi apreendido um pen drive de Rodrigo com 10.480 fotos e montagens de teor amoroso e sexual com a comunicadora, deixando clara a obsessão dele pela famosa.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.