BRASIL

Teve o veículo guinchado? Saiba como fazer o carro voltar à garagem



Uma das maiores punições previstas pelo Código Brasileiro de Trânsito ao motorista é ter seu veículo guinchado. Isso ocorre, por exemplo, quando o veículo é estacionado em um local proibido, como viadutos, pontes e túneis.

Em São Paulo, a prática tem sido muito comum. Em 2015, a média de veículos guinchados por dia na capital paulista era de 34, mais que o dobro do ano anterior.

Para quem tem o automóvel recolhido, a dor de cabeça é grande. Além de uma multa, o motorista deve pagar pelos dias em que o carro ou moto ficar no pátio do Detran. Caso ninguém vá buscar o veículo em 90 dias, ele será leiloado.

Veja na lista abaixo cinco tópicos importantes sobre o guinchamento de veículos:

1 - Quando um veículo pode ser guinchado?
Um veículo pode ser guinchado quando está estacionado em local proibido. A lei é estabelecida pelo artigo 181 do Código Brasileiro de Trânsito, que prevê a remoção do veículo em pelo menos 20 casos, entre eles quando o veículo está estacionado no acostamento, em guia rebaixada, em cruzamento de vias, em viadutos, pontes e túneis e na contramão da direção.

2 - Como descobrir se o veículo foi guinchado?
A CET, responsável pelo guinchamento, deixa um cavalete no local onde o veículo estava estacionado e foi removido. Para confirmar o guinchamento, o motorista deve ligar para o telefone 1188 ou acessar o site da Prefeitura de São Paulo.

3 - Como liberar um veículo guinchado?
O veículo removido deve ser resgatado no DAT (Departamento de Atendimento a Multas de Trânsito) pelo proprietário ou responsável legal. Para isso, ele deve levar o certificado de registro de licenciamento do veículo atualizado mais cópia simples e RG mais cópia simples. No caso de responsável legal, a procuração original deverá estar com firma reconhecida.

4 - Quanto custa para liberar um veículo guinchado?
Para que o veículo removido seja liberado, o responsável deve pagar as multas e IPVA pendentes, além da taxa de remoção do veículo, que varia entre R$ 193 e R$ 3.005, dependendo do tipo do veículo. Além disso, também é cobrada a diária da estadia do automotor, que varia entre R$ 15,50 e R$ 173 por dia.

5 - O dono pode perder um veículo guinchado?
Sim. Se o veículo não for resgatado num prazo de 90 dias, ele será leiloado e o valor, revertido ao Governo Estadual.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.