BRASIL

Camila Pitanga sobre Domingos Montagner: “Ele me salvou e me deu a oportunidade de viver”



Camila Pitanga revelou ao “Fantástico” neste domingo (18) como foram os momentos de sufoco que passou ao lado de Domingos Montagner, antes de o colega desaparecer e morrer afogado na última quinta-feira (15). Os dois nadavam no rio São Francisco, em Canindé de São Francisco (SE), quando foram surpreendidos com a forte correnteza.

Ainda abalada, a atriz contou que o intérprete de Santo de “Velho Chico” a salvou após não conseguir se mexer no rio. “Ele me salvou e me deu a oportunidade de viver novamente. Ele sabia o que estava acontecendo e, em nenhum momento, segurou o meu braço”, confidenciou, emocionada. “Era uma pessoa generosa”, completou.

Em entrevista à repórter Sônia Bridi, Camila disse que o ator não conseguia nadar e, neste momento, ela gritava por socorro. “Foi muito estranho, porque ele aparentava estar paralisado. Eu acho que alguma coisa o estava segurando e ele não dividiu a real comigo”, afirmou a filha de Antônio Pitanga, que também disparou: “Não sou heroína, nada disso”.

A atriz explicou que, após gravarem cenas pela manhã e almoçarem com a equipe, os dois tentaram convencer Lucy Alves e Gabriel Leone a acompanhá-los, mas acabaram indo sozinhos. “Eu vi o olhar dele. Ele não queria ir porque estava cheio de vida, cheio de projetos, amado por uma família linda, que eu tive oportunidade de conhecer”, relatou.

Montagner foi velado no sábado (17) no Teatro Fernando Torres, no Tatuapé, bairro da zona leste de São Paulo, onde o ator nasceu e cresceu.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.