BRASIL

Moro bloqueia contas de Guido Mantega



O juiz federal Sérgio Moro decidiu nesta quinta-feira (22) bloquear R$ 10 milhões das contas bancárias do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e de outros sete investigados na 34ª fase da Operação Lava Jato, apelidada de "Arquivo X".

O economista foi detido de manhã no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde acompanhava a sua mulher, que passaria por cirurgia para tratar de um câncer. Ele teve um pedido de prisão temporária decretado por Moro, que, horas depois, revogou a decisão, argumentando que Mantega "não representaria riscos de interferência para a colheita de provas" da operação.

Moro também garantiu que nem ele nem as autoridades policiais ou os procuradores da República que participam da força-tarefa sabiam que a esposa de Mantega estava internada para se submeter a uma cirurgia.

Em maio, durante depoimento ao Ministério Público Federal (MPF), o empresário Eike Batista afirmou que, em novembro de 2012, quando presidia o conselho de administração da OSX, recebeu de Mantega pedido para contribuir com R$ 5 milhões para o pagamento de dívidas da campanha de 2010 da então presidente Dilma Rousseff.

Autor: Redação Ferreguion

Tecnologia do Blogger.